Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

With Love.

With Love.

Solidão é estar rodeado de pessoas que não vivem no Presente.

Íris, 25.09.23

 

Ajudar o próximo parece fácil mas é uma missão bastante solitária. 

 

 No meu núcleo de amigos, conhecidos e família sempre fui apelidada de “terapeuta”.

 Claro que tem o seu lado de brincadeira porque não o sou, mas parte de mim tem essa “missão” de ajudar, nem que seja ouvir e estar presente quando não posso fazer mais nada. 

 

Até hoje nunca recusei ajuda a ninguém, até mesmo a quem não quer ser realmente ajudado.

 

  Por vezes é muito desgastante emocionalmente, mentalmente e energeticamente.  

 Também é muito benéfico quando conseguimos ter sucesso! Quando conseguimos que aquela pessoa que gostamos tanto saia daquela rodinha de hamster e dê a volta por cima... É uma vitória de equipa! 

Sabe tão bem... mas é muito raro. 

 

É tão solitário estarmos a ver de fora, também na nossa própria rodinha de hamster , a ver quando aquela pessoa vai sair fora e vencer.

No fundo será vencer a sua própria mente, nada mais. Tudo o resto vem por acréscimo. 

 

A maioria das pessoas á minha volta acha que estou sempre bem. Feliz. Radiante.

 

Ahahahaa!

Longe disso. 

 

Muitas vezes sou criticada por passar muito tempo em casa e sozinha.

 

Toda a gente á minha volta diz que não tenho problemas, que não tenho nada com que me preocupar e que por isso estou sempre tranquila. 

Verdade, estou ou tento estar sempre tranquila. Mas também tenho a minha vida, como toda a gente. Simplesmente não falo muito, não conto o que se passa dentro de mim. Até porque a maioria das pessoas não está realmente interessada em saber e não vai perceber muito.

 

Todos nós temos os nossos "pendentes". A forma como encaramos os supostos "problemas" é que nos permite tirar o peso dos mesmos. É tudo uma questão de perspetiva e lidar com leveza.

 

 

Ninguém percebe que preciso de estar sozinha para me curar. 

 

Ninguém percebe que preciso de estar sozinha para me manter sã e conseguir limpar tudo o que trago comigo quando estou com "estas e aquelas" pessoas... as mesmas que acham que estou sempre bem e que não preciso de nada. 

As mesmas que acham que os problemas estão sempre nos outros. 

As mesmas que acham que o seu ego está equilibrado. 

As mesmas que não conseguem perceber a sua vitimização perante a vida. 

As mesmas que esperam que as mudanças aconteçam sem que nada seja mudado. 

As mesmas que acham que eu tenho obrigação de andar atrás delas para lhes dizer o que devem fazer da sua vida.

As mesmas que se esquecem que a vida é mais do que as fofoquices do trabalho. 

As mesmas que se esquecem de te dizer que chegaram bem. 

As mesmas que te criticam por vários motivos por apenas não estarem bem ( efeito espelho).

As mesmas que, quando digo algo que não gostam, se viram contra mim. 

As mesmas que me cobram e me exigem tudo... e que deviam cobrar e exigir delas próprias, e não dos outros.

 

 

 

 

4 comentários

Comentar post